Postagens

Bicharada em Rio Grande

Imagem
E hoje foi dia de saída por aqui. Acompanhado do Lívio Gallo, fomos atrás da bicharada na região. Nosso destino inicial era a Esec do TAIM, mas como estava marcando chuva, mudamos de plano e resolvemos ir até à Praia do Cassino e o resultado da saída foi extremamente positivo. Como o Lívio é "iniciante" no birdwatching, hoje o dia foi cheio de novidades pra ele, pois conseguimos registrar diversas espécies que até então, ele não havia registrado. No caminho pra Praia do Cassino, registramos algumas espécies, entre elas o carão (Aramus guarauna), que estava repousando num arbusto.
Seguimos nosso caminho em direção à praia, chegamos lá e demoramos pra começar a encontrar a bicharada, pois já havia um certo movimento de carros na orla. Fomos na direção sul, rumo ao Navio Altair, famoso navio encalhado na praia. Encontramos diversas espécies de trinta-réis por lá hoje. Algumas das aves registradas estão na foto abaixo. Pela ordem: trinta-réis-grande (Phaetusa simplex), trinta-réis-…

Ave da semana - cardeal-do-banhado (Amblyramphus holosericeus)

Imagem
E a partir de hoje, o blog terá a coluna Aves da Semana. Todas as semanas estarei aqui, escrevendo um pouco sobre as espécies que ocorrem aqui no extremo sul do Brasil. Pra começar, estarei falando um pouco mais sobre o cardeal-do-banhado (Amblyramphus holosericeus), uma das aves mais procuradas por observadores que vem de fora para registrar a bicharada aqui na região. O cardeal-do-banhado (Amblyramphus holosericeus) é uma ave da família Icteridae, uma das famílias mais abundantes da nossa região. Essa ave está totalmente associada à banhados (como seu nome popular já diz) e à áreas alagadas. Facilmente encontrado no Banhado do Pontal da Barra, aqui em Pelotas. Particularmente, eu sempre encontro um ou dois indivíduos da espécie quando vou por lá. Um hábito muito comum da espécie, é um dos indivíduos ficarem vocalizando, enquanto o outro está mais escondido em meio aos juncos. Geralmente são encontrado aos pares e já pude presenciar um bando com quatro indivíduos juntos. O cardeal-do-ba…

Surpresas no Banhado da Marambaia

Imagem
Hoje a tarde, fui visitar o Banhado da Marambaia com a Mariana. Local próxima da minha casa (cerca de 15km). Nesse banhado, geralmente encontramos diversas marrecas, garças e outras espécies ligadas ao ambiente aquático. Pra nossa surpresa, hoje não havia praticamente nada dessa bicharada por lá, já que estamos à um bom tempo sem chuva na região. Por conta disso, hoje o show ficaram por conta dos passeriformes que por lá habitam. O local conta com uma rica biodiversidade. Certa vez, criei uma lista com todas espécies que eu já encontrei por lá. Pra ver a lista, só acessar o link: http://www.taxeus.com.br/lista/7358. Conseguimos registrar diversas espécies por lá, algumas não deram chance de fotos, como o joão-da-palha (Limnornis curvirostris), o joão-teneném (Synallaxis spixi), o curutié (Certhiaxis cinnamomeus), e o bate-bico (Phleocryptes melanops). Um casa de cardeal-do-banhado (Amblyramphus holosericeus) também deu as caras por lá, mas estavam muito longes, impossibilitando um bom r…

coruja-orelhuda (Asio clamator)

Imagem
Poucos dias após eu conseguir meu primeiro registro da coruja-orelhuda (Asio clamator), como mostrei aqui, voltamos lá pra tentar melhorar a foto. O resultado não poderia ter sido melhor. Dessa vez a ave deu show pras nossas câmeras. Mais uma vez em companhia do Fabiano Rosa. Abaixo uma foto e um vídeo do encontro.




O tão esperado encontro com a Asio

Imagem
Na última terça-feira, dia 25 de julho, recebi a ligação do Rafael Peter, um observador de aves aqui de Pelotas. Na ligação ele me disse que havia encontrado a coruja-orelhuda (Asio clamator) numa praça no centro de Pelotas. Essa coruja é "raridade" aqui pra nós, visto que ainda há poucos registros da espécie no município. Logo que eu soube da notícia, espalhei nos grupos de Whatsapp e Facebook do pessoal aqui de Pelotas para que todos soubessem da ocorrência da espécie no local. Na quarta-feira combinei com o Rafael e com o Fabiano Rosa de irmos atrás da suposta coruja. Combinamos de nos encontrar na praça as 18h, eu cheguei um pouco mais cedo e já fiquei monitorando pra ver se encontrava a ave pra tentar um registro com a luz do sol ainda, mas infelizmente a ave não apareceu. Começou a escurecer e o Fabiano chegou, fomos atrás dela, agora munidos com o playback. Logo que eu toquei, ouvi a resposta dela. Ficamos entusiasmados com a possibilidade de registrá-la. Então, a ave sob…

Uma manhã cheia de surpresas

Imagem
Na última segunda-feira, dia 24, recebi o amigo Adolf Wall, sua filha Michele e sua esposa para observar aves aqui na região, o objetivo deles era registrar algumas espécies que no município que eles moram (Aceguá) não ocorrem. Saímos de Pelotas as 8h da manhã e fomos em direção ao Santuário de Guadalupe, local que eu frequento com certa assiduidade. Além de ser perto de casa (cerca de 15 minutos de carro), é um local onde poderíamos encontrar várias espécies que o pessoal procurava. Chegamos lá e a primeira ave que apareceu já me deixou com uma grande dúvida. Era uma fêmea do gênero euphonia que vocalizava igual ao ferro-velho (Euphonia pectoralis), só que eu sei que essa espécia não ocorre aqui na cidade. Tentei registrar a ave de todos os ângulos, pra chegar em casa e correr atrás da identificação correta. Fizemos algumas fotos e a ave vocalizou novamente, dessa vez como cais-cais (Euphonia chalybea). Chegando em casa, contatei o João Gava Just, expliquei a história e ele identificou…

Pelos quatro cantos de Rio Grande

Imagem
Nos dias 20 e 21 de julho, eu, Raphael Kurz recebi a visita dos catarinenses Tycho Fernandes e Gilberto Botelho, e acompanhado do João Gava Just, fomos pra uma expedição pelos quatro cantos do município de Rio Grande. Município com maior número de espécies no Rio Grande do Sul de acordo com o site wikiaves.com. Bom, como tínhamos pouco tempo para explorar uma área tão grande, dividimos a expedição em quatro partes. A primeira parte foi na Praia do Cassino, a maior praia do mundo. A segunda parte, foi na Ilha de Torotama, um local com diversas espécies que são encontradas somente naquele lugar do munícipio. A terceira parte foi a Estrada de Santa Izabel e a REBIO do Banhado do Maçarico e pra finalizar, a famosa ESEC do TAIM. Abaixo irei relatar brevemente sobre nossas visitas nesses quatro pontos de extrema importância pra biodiversidade no extremo sul do Brasil.
Praia do CassinoNo primeiro dia da nossa expedição por Rio Grande, saímos de Pelotas por volta das 07:30 e fomos em direção à P…